Praticantes de religiões de matrizes africanas e indígenas são convidados para oficina de artes visuais em Juazeiro (BA)

Aulas serão ministradas pelas professoras Yasmin Nogueira (UFS) e Luísa Magaly (EBA-UFBA).

Estão abertas as inscrições para a oficina “É Preciso a Imagem para Recuperar a Identidade”, que tem o objetivo de realizar trocas e fortalecer discussões entre os povos de terreiro de Juazeiro (BA). As aulas, ministradas pelas professoras Yasmin Nogueira (UFS) e Luísa Magaly (EBA-UFBA), serão no Centro de Cultura João Gilberto, nos dias 19 e 20 de julho.

“A partir da frase da historiadora sergipana Beatriz nascimento que nomeia a oficina, nós iremos propor a produção de retratos dos participantes a fim de abrirmos discussões acerca das formações das identidades dos povos de terreiros e de suas vivências sociais e culturais”, explica Luísa Magaly.

São 20 vagas disponíveis, divididas em duas turmas. Os interessados podem se inscrever até a próxima sexta-feira (12), pelo formulário online: https://forms.gle/a4ReZQJhs63GALS39.  Dúvidas podem ser tiradas através do e-mail do projeto: trespedrasdentrodessaaldeia@gmail.com.

“Três Pedras Dentro Dessa Aldeia”

A atividade formativa integra as ações do “Três Pedras Dentro Dessa Aldeia”, um projeto de exposição e produção de catálogo virtual da artista visual Luísa Magaly com curadoria de Eriel Araújo e Mãe Isabel de Oxum. Serão expostos trabalhos realizados em três anos de pesquisa da artista com experiências vividas no Terreiro de Umbanda Caboclo Sultão das Matas, em Juazeiro–BA. A abertura está marcada para 22 de julho de 2024, 18h, no Centro de Cultura João Gilberto.

Este projeto foi contemplado nos Editais da Paulo Gustavo Bahia e tem apoio financeiro do Governo do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura via Lei Paulo Gustavo, direcionada pelo Ministério da Cultura, Governo Federal. Paulo Gustavo Bahia (PGBA) foi criada para a efetivação das ações emergenciais de apoio ao setor cultural, visando cumprir a Lei Complementar nº 195, de 8 de julho de 2022.

Também há o apoio da Universidade Federal da Bahia, através da PROEXT e Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Escola de Belas Artes, da Universidade Federal de Sergipe, através do Departamento de Artes Visuais e Design, e do Centro de Cultura João Gilberto.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios