Distante de tod@s: governo Raquel Lyra é reprovado por 48% no Recife, segundo Datafolha

Para quem esperava uma mudança com balanço positivo, perante a opinião pública, de quem comanda os destinos de Pernambuco até dezembro de 2026, ainda não foi desta vez que administração da primeira mulher a governar o Estado de Pernambuco, Raquel Lyra (PSDB) conquistou a mente e os corações dos pernambucanos. Pelo menos segundo pesquisa confeccionada pelo Datafolha, a ex-prefeita de Caruaru segue mal avaliada nesses mais de 1 ano meio da sua gestão.

A pesquisa Datafolha divulgada neste domingo (7) mostra a avaliação do Governo Raquel Lyra no Recife. Segundo o levantamento, a gestão estadual é reprovada por 48% dos recifenses.

Já 36% consideram o trabalho regular e 16% avaliam como ótimo ou bom o desempenho da administração. Entre os pesquisados, 1% disse não saber avaliar.

36% consideram o trabalho regular e 16% avaliam como ótimo ou bom o desempenho da administração. Entre os pesquisados, 1% disse não saber avaliar.

O Instituto Datafolha ouviu 616 eleitores recifenses, entre os dias 2 e 4 de julho. A margem de erro da pesquisa é de quatro pontos percentuais para mais ou menos. Já o nível de confiança da amostragem é de 95%. O levantamento foi publicado pelo jornal Folha de S.Paulo e registrado na Justiça Eleitoral sob o número PE-09910/2024.

Na opinião da doutora em Ciência Política Priscila Lapa, a governadora Raquel Lyra representa, hoje, uma contradição. É alguém que chegou como novidade na política, mas não conseguiu, até o momento, clareza nas entregas.

“Ela trouxe essa renovação pela juventude e por alguém que inovava por ser mulher, de trazer a expectativa de ser uma governadora do Interior, pela primeira vez a gente vê o desenvolvimento pela ótica do Interior, mas que não conseguiu, ainda, emplacar essa agenda de entregas, uma conexão e clareza de entrega”, observou Priscila Lapa.

Da Redação com informações da Folha de Pernambuco

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios