ACM Neto condena Governo Jerônimo por permitir que traficantes cobrem pedágio em comunidades de Salvador: ‘Pouca vergonha’

O vice-presidente do União Brasil, ACM Neto, condenou o Governo Jerônimo por permitir que chefes de tráfico de drogas cobrem pedágio em comunidades de Salvador. Neto destacou a necessidade de mudanças urgentes para combater a violência e o tráfico de drogas nas comunidades da cidade.

“Muitas vezes hoje, para entrar numa comunidade de Salvador, tem que pagar pedágio ao chefe do tráfico de drogas por essa pouca vergonha que se instalou na segurança pública”, afirmou ACM Neto.

O presidente da Fundação Índigo prometeu levar sua luta adiante, utilizando seu principal recurso: a voz. “E é exatamente para representar os milhões de baianos que não aceitam isso, que querem ordem, querem paz, querem que preserve as famílias, querem que cuide das vidas, eu estou aqui, vou para a luta, vou para o campo de batalha com o instrumento mais valioso que eu tenho na minha vida, que é a minha voz. Quem me conhece sabe que eu sou um defensor intransigente da democracia, porque é nela que a gente pode se expressar, é nela que a gente pode dizer o que a gente pensa”, declarou.

O ex-prefeito de Salvador também reafirmou sua posição como opositor ao governo estadual, argumentando que sua convicção e coragem são reforçadas pelas críticas e ataques que recebe. “Eu hoje estou na oposição ao governo do Estado da Bahia com toda convicção e coragem. E cada vez que eu vejo que a resposta deles, alguma crítica minha, é me atacando, eu vejo que vale a pena continuar a luta. Eles podem continuar me atacando, mas não vão me calar”, enfatizou.

Fonte: Ascom///

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios